terça-feira, 1 de junho de 2010

Faeces.

Estar no meio de uma confusão, sem alternativas, sem perspectiva te faz sentir pior que merda. Mas essa é uma situação única que se pode aprender muito. É nessas confusões que você aprende a deixar as frescuras de lado. É aí que você prova que é melhor que pessoas perfeitas, com tudo planejado e resolvido. Pessoas que são simétricas e só veem linhas retas. É como se não pudessem conceber o que aconteceria se alguma coisa saísse mal. O mundo não é simétrico e linhas retas não existem. É preciso ter imaginação. É preciso enfiar a cara na lama as vezes. As vezes é isso que tem de ser feito. Você tem que conhecer o aperto. Acho que você pode escrever com satisfação e liberdade depois de passar pelo aperto. Se vai tentar algo, esteja disposto a pagar o preço.
O preço de uma boa lição é um bom desastre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário